Questionado sobre se era verdade que Cádiz ia ser emprestado ao Belenenses, Bruno Lage não quis responder, dizendo que de Cádiz não falava. Mas aproveitou a questão para fazer um esclarecimento.

«O Conti não está mercado. Está apenas lesionado», garantiu.

«Com tanta lata furada que anda por aí, foram dar uma medalha de lata a um miúdo extraordinário, que saiu do seu país e que teve a infelicidade de se voltar a lesionar. Apenas não está a jogar porque tem dois jogadores extraordinários, também jovens, à sua frente.»

LEIA MAIS: todas as notícias de Benfica

A partir daí, o treinador do Benfica fez questão de contar uma história para referir que ainda conta muito com Germán Conti.

«Vou aproveitar para contar um episódio. Todos nós conhecemos o sr. Shéu. Todos nós sabemos o jogador que ele foi, o que fez depois de encerrar a carreira, o que ele significa para o Benfica. Outro dia, numa rara ocasião em que a minha televisão não estava no Panda, estava na BTV», começou por referir.

«Estava a ver um episódio sobre o património do Benfica e percebi que o Shéu quando chegou ao Benfica esteve dois anos sem jogar. Dois anos. O Conti chegou há um ano. Qual é o jogador e o empresário que, ao fim de seis meses, não quer sair. Do dia 31 de dezembro para o dia 1 de janeiro, estão logo a bater à porta porque querem sair. Isto não é sair em defesa do Conti, porque ele não precisa, é só para fazer um esclarecimento.»

David Marques