Bruno Lage vai ser distinguido com a Medalha da Cidade de Setúbal, na categoria de desporto, no próximo dia 15 de setembro, nos Paços do Concelho. Juntamente com Bruno Lage será também agraciado com a mesma medalha o adjunto Alexandre Silva.

«É de facto uma honra enorme, mas quando se está num lugar como este e se conseguem objetivos como foram alcançados o ano passado, com o título, acaba por ser normal sermos reconhecidos pelo nosso trabalho. É uma honra enorme honra», começou por dizer Bruno Lage.

«Fico contente também porque, tal como eu que estive vários anos a fazer algo pela cidade de Setúbal, vão ser reconhecidas pessoas que não ocupam um lugar tão importante, mas que têm o mesmo mérito.»

LEIA MAIS: todas as notícias de Benfica

Bruno Lage fez depois questão de recordar o pai dele, Fernando Lage.

«Eventualmente lembro o que foi, porque ele agora já está reformado, o trabalho do meu pai. Mais em termos de cidade: aquilo que ele foi e aquilo que ele fez enquanto jogador, enquanto treinador, enquanto diretor de alguns clubes. Foram muitos mais anos do que eu a contribuir para que a cidade de Setúbal seja um melhor local para todos nós», referiu.

«Portanto um enorme orgulho em ser de Setúbal, mas acho gostava de partilhar este mérito por aquelas pessoas, como o meu pai, que trabalham durante muitos anos na sombra e que, por isto ou por aquilo, não lhe é reconhecido este mérito.»

David Marques