Jorge Jesus, treinador do Benfica, em declarações aos jornalistas após a derrota com o Gil Vicente por 2-1 no Estádio da Luz:

[Esta derrota coloca o Benfica a 12 pontos do líder Sporting. Atira definitivamente a toalha ao chão no que diz respeito à luta pelo título?]

«Este jogo tirou-nos a ideia e a sensação de que não perdendo jogo nenhum podíamos pensar noutros objetivos. Mas teríamos de pensar sempre jogo a jogo. Se não chegas ao segundo lugar, não podes pensar no primeiro. Esta derrota atrasou-nos na recuperação. Vamos continuar a tentar passar a posição do rival que está à nossa frente. Esse era e é o nosso objetivo. Esta derrota atrasou-nos, não temos dúvidas. Mas faltam ainda algumas jornadas e há muitos pontos por disputar.

Temos de ir à procura da classificação e da pontuação que nos possa garantir passar para segundo classificado.

Não é mandar a toalha ao chão. Temos de ser práticos. Esta derrota tirou-nos a crença e a ideia de poder atingir outras posições.»

[Sobre a luta pelo segundo lugar, para a qual o Benfica deixou de depender de si próprio. O técnico insistiu que até ao jogo do FC Porto neste domingo, os encarnados continuam a depender de si próprios, mas a verdade é que neste momento estão dependentes, naturalmente, do que os dragões, que têm três pontos de vantagem sobre os lisboetas, façam diante do Nacional]

«Não é assim tão verdade como está a dizer. Neste momento dependemos de nós. Você [jornalista] já está a dizer que o FC Porto, que joga amanhã, vai ganhar. Está mais difícil a nossa recuperação, sim. Perdemos. Mas o segundo lugar não depender de nós… você já sabe que vai ganhar?

Amanhã é que pode já não depender do Benfica, quando o nosso adversário jogar e ganhar.»

David Marques / Estádio da Luz, Lisboa