Bruno Lage, treinador do Benfica, em declarações aos jornalistas após o triunfo sobre o Rio Ave por 2-0:

[Temeu que algum jogador se lesionasse? Vários jogadores ajeitaram o relvado durante a partida]

«Só com uma lombalgia, de se baixarem.

A cada momento, a cada apoio, colocação de bola e rodar de movimento, o relvado desliza. Com um relvado melhor, a circulação de bola é melhor. Tomámos algumas providências para que isso acontecesse e nota-se que a circulação de bola consegue fazer-se melhor, mas o perigo de deslizar ainda se mantém.

Recordo-me de uma situação de fechar um buraco enorme junto ao banco do Rio Ave. Vejam também após o golo do Pizzi: ele tenta deslizar na relva e levanta-a.

São situações que tínhamos verificado e felizmente terminou este ciclo com este relvado. Vai ser substituído, como sabem, mas agora é pensar se o próximo se adapta, mas nunca olhar para isso como desculpa.

A nossa grande preocupação foi sempre a questão da saúde dos nossos atletas e também dos nossos adversários.»

David Marques / Estádio da Luz, Lisboa