Nélson Veríssimo vai orientar o Benfica no jogo deste sábado com o Boavista no Estádio da Luz.

Os encarnados entram para as derradeiras cinco jornadas da Liga a seis pontos do FC Porto, mas, apesar da distância considerável, o técnico interino do Benfica recusa atirar a toalha ao chão.

«Matematicamente ainda é possível. Temos cinco jogos pela frente e enquanto essa possibilidade estiver em aberto, vamos lutar por ela», disse na antevisão à partida da 30.ª jornada.

«Os jogadores tiveram um grande empenho, como foi apanágio quando estava aqui o mister Bruno Lage», acrescentou Veríssimo.

O técnico de 43 anos confirmou ainda que Adel Taarabt, lesionado, não é recuperável para o duelo deste sábado, que espera que seja difícil.

«Vamos ter um jogo difícil, contra uma equipa muito bem organizada. Que não marca muitos golos, mas também não sofre muitos, porque é um adversário aguerrido e competitivo, que nos vai fazer ter uma tarefa difícil», resumiu.

(artigo atualizado)

Adérito Esteves / Benfica Campus, Seixal