O presidente do Benfica dirigiu-se ao plantel no Seixal após o empate frente ao Tondela e do ataque ao autocarro. Bruno Lage confirmou o diálogo entre Luís Filipe Vieira e o grupo e descreveu-a como «uma conversa de pai para filhos». 

«O presidente vai ao balneário quando entender. Aquilo a que assisti foi uma conversa de pai para filhos», limitou-se a dizer o técnico, na conferência de imprensa de antevisão da partida frente ao Portimonense, desta quarta-feira.

Já sobre se o ataque ao autocarro pode ter o impacto na equipa do Benfica, que o ataque a Alcochete teve na equipa do Sporting, Bruno Lage preferiu desvalorizar a questão.

«Estamos cientes de que temos de vencer os jogos, o que só se faz com confiança e união. E foi isso que verifiquei desde o final do jogo até há 15 minutos quando vim para aqui.

[artigo atualizado]
 

Adérito Esteves / Seixal, Lisboa