Rui Vitória disse no final do triunfo sobre o V. Guimarães, que significou a conquista da Taça de Portugal, que boa parte do segredo do sucesso do Benfica esteve na simplicidade com que jogou na segunda parte.

«O que disse aos meus jogadores no intervalo foi que não precisávamos de fazer um passe que ficasse na retina ou um remate que fosse perfeito, não, precisávamos era de ser eficientes», referiu.

«Felizmente os jogadores entenderam isso e na segunda parte fizemos dois golos.»

A vitória, acrescentou, assenta muito bem ao Benfica.

«É um sentimento muito bom quando se ganha e ganhar neste palco é uma alegria enorme. Este grupo merecia acabar a época em beleza», referiu. 

«Queríamos acabar como começámos, porque começámos a ganhar a Supertaça. Este triunfo foi a cereja no topo do bolo. Fico feliz por termos conquistado o triplete, feliz sobretudo pelos jogadores.»