O Grupo Espírito Santo (GES) pode vir a adquirir 15% do capital da TAP, no âmbito do processo de aliança que a transportadora aérea nacional está a negociar com a Portugália.

Embora admita que «ainda não existe um cenário definitivo», fonte ligada a este processo admitiu ao Diário Económico que o grupo liderado por Ricardo Salgado esteja a negociar a sua entrada na TAP, através de uma participação do capital que poderá oscilar entre os 10% e os 15%.
Redação / DE/AM