As salas de cinema em Portugal contaram com quase 49 mil espectadores desde a reabertura e o filme mais visto foi "Nomadland - Sobreviver na América", de Chloé Zhao, revelou o Instituto do Cinema e Audiovisual (ICA).

Segundo o ICA, as salas de cinema que reabriram a partir do dia 19, seguindo o plano de desconfinamento em tempo de pandemia, contabilizaram quase 49 mil espectadores e 273 mil euros de receita de bilheteira até quarta-feira, dia 28.

Embora as salas tivessem reaberto numa segunda-feira, dia 19, a contagem estatística do ICA é feita semanalmente, de quinta a quinta-feira, dia habitual de estreias cinematográficas.

A soma das semanas de 15 a 21 de abril e de 22 a 28 de abril totaliza 48.829 espectadores e 273.263 euros de receita de bilheteira.

O filme mais visto pelos portugueses na reabertura das salas foi "Nomadland - Sobreviver na América", de Chloé Zhao, com 18.986 espectadores em dez dias, seguindo-se "Mortal Kombat", de Simon McQuoid, com 11.917 espectadores.

Não é possível comparar períodos homólogos com 2020, porque em abril do ano passado os cinemas estavam encerrados, durante o primeiro confinamento para conter a covid-19.

Na semana passada, fonte oficial do ICA explicava à agência Lusa que nem todas as salas reabriram portas a 19 de abril.

O ICA indicou que, no dia de reabertura, obteve dados de bilheteira de 333 salas, de um total de 561 a nível nacional, entre independentes e recintos multiplexes, localizados sobretudo em centros comerciais.

O funcionamento das salas de cinema nesta reabertura é nos mesmos moldes aquando do encerramento, com obrigatoriedade de uso de máscara, de distanciamento, de higienização dos espaços e de definição de circuitos de circulação.

Quanto aos horários de funcionamento, as salas de espetáculos, cinemas, auditórios e teatros encerram às 22:30 durante a semana e às 13:00 aos fins de semana.

Segundo o ICA, com a pandemia da covid-19, a exibição cinematográfica em Portugal sofreu, em 2020, uma quebra de 75,55% em audiência e em receitas face a 2019, para um total de apenas 3,77 milhões de espectadores e 20,4 milhões de euros.

/ CE