Portugal regista esta segunda-feira mais 16 mortes associadas à covid-19 e 6334 infeções com o coronavírus SARS-CoV-2, indica a Direção-Geral da Saúde (DGS).

O boletim da DGS revela que seis dos óbitos registaram-se na região Centro, cinco na Região de Lisboa e Vale do Tejo (LVT), três no Norte e dois no Algarve.

Relativamente ao número de novos casos com a doença, é em LVT que se registou o maior número: 3193, seguindo-se o Norte com mais 2043 novos casos, o Centro com 491, o Algarve com 198 e o Alentejo com 124.

Na Madeira, o número de novos casos continua a ser bastante elevado, registando-se nas últimas 24 horas mais 230. Nos Açores, há mais 55 pessoas sinalizadas com a infeção respiratória.

No que diz respeito ao número de hospitalizações, há mais 36 pessoas internadas num total de 914. Já em Unidades de Cuidados Intensivos, há menos uma pessoa hospitalizada, num total de 150.

Há ainda 2423 pessoas recuperadas da doença.

Incidência supera os 800 casos por 100 mil habitantes

A incidência de infeções com o coronavírus SARS-CoV-2 subiu para 804,3 casos por 100 mil habitantes e o índice de transmissibilidade (Rt) também registou um grande aumento, passando para 1,23, segundo os dados oficiais de hoje.

De acordo com o boletim sobre a pandemia em Portugal divulgado hoje pela Direção-Geral da Saúde (DGS), a taxa de incidência nacional passou, desde sexta-feira, de 630,8 casos de infeção por 100 mil habitantes a 14 dias para os atuais 804,3.

Considerando apenas Portugal continental, este indicador registou também um crescimento, de 633,1 casos por 100 mil habitantes para 807,4.

O Rt - que estima o número de casos secundários de infeção resultantes de cada pessoa portadora do vírus – também subiu, tanto a nível nacional como no continente, passando de 1,07 (nacional) e 1,06 (continente) para 1,23.

CNN Portugal / BMA