A edição desta temporada da Libertadores vai ter nas meias-finais uma reedição da final do ano passado. Ao deixar o Cerro Porteño pelo caminho, o River Plate tornou-se esta madrugada no semifinalista que faltava encontrar na prova.

Todas as notícias internacionais

Os argentinos empataram 1-1 no Paraguai, resultado suficiente para garantir o apuramento, já que tinham vencido em casa por 2-0 na primeira mão.

Nelson Haedo Valdez abriu o marcador aos oito minutos, colocando o Cerro Porteño em vantagem.

 

Ainda não chegava para o apuramento, mas era uma esperança para os paraguaios. Só que essa esperança morreu aos 52 minutos graças a um golaço de De La Cruz, que sententicou a eliminatória.

 

O River Plate marcou então presença nas meias finais, onde já estava o seu próximo adversário Boca Juniors. Se uma meia final é totalmente argentina, a outra é toda brasileira e põe frente a frente o Flamengo de Jorge Jesus e o Grêmio.