A General Motors (GM) vai acrescentar um terceiro turno de trabalho na fábrica que tem em Lordstown, no estado norte-americano do Ohio, para produzir o Chevrolet Cruze a partir do terceiro trimestre deste ano, avança a Lusa.

Esta decisão pressupõe um investimento de 350 milhões de dólares e a criação de 1.200 postos de trabalho.

O presidente da empresa na América do Norte, Mark Reuss, disse que o modelo «é um exemplo perfeito de como a reestruturação da GM está concentrada nos produtos adequados no momento adequado».

«Este é um automóvel global que já está a alcançar os seus objectivos em 60 mercados internacionais», acrescentou Reuss, que previu um êxito de vendas nos Estados Unidos da América.

Já Jim Campbell, director-geral da Chevrolet, disse que, «juntamente com o veículo eléctrico Volt, o Cruze é o último exemplo de como a Chevrolet está a trabalhar para colocar novos produtos no mercado, que vão desde o consumo reduzido ao consumo nulo da gasolina».

O Cruze, que está baseado no Opel Insignia, é o primeiro da nova família de veículos pequenos e médios, com consumo reduzido, que a GM quer colocar no mercado dos EUA a curto prazo, após anos em que seguiu uma estratégia baseada em veículos grandes. O Cruze terá um consumo estimado em 5,88 litros por cada 100 quilómetros.
Redação / PGM