Um navio mercante derramou, nesta quarta-feira, combustível e contentores com 650 toneladas de nitrato de amónio nas águas da baía de Moreton, no nordeste da Austrália, como consequência de um temporal provocado pelo ciclone Hamish.

De acordo com o jornal «Estado de São Paulo», fontes de segurança marítima do estado de Queensland disseram que as fortes ondas tornam impossível, por enquanto, conter o derrame. A preocupação agora centra-se na preservação das praias e da fauna.

O navio Pacific Adventurer transportava 60 contentores com nitrato de amónio, 31 dos quais, contendo 620 toneladas do produto químico, caíram ao mar, abrindo um buraco no casco do navio. Esta fenda provocou o derrame de 30 toneladas de combustível.

As autoridades marítimas prevêem que o navio chegue esta quinta-feira a Brisbane, capital de Queensland, onde já estarão à sua espera serviços de emergência.

O ciclone Hamish ameaça a costa de Queensland há uma semana, mas foi perdendo força à medida que se aproximava da costa.