A curta-metragem «A Bruxa de Arroios», de Manuel Pureza, venceu o grande prémio do MOTELx - Festival Internacional de Cinema de Terror de Lisboa, escreve a agência Lusa.

«O Prémio MOTELx Melhor Curta de Terror Portuguesa 2012, secção competitiva do festival, foi atribuído nesta 6ª edição ao filme "A Bruxa de Arroios", da autoria de Manuel Pureza», refere um comunicado divulgado pela organização.

A curta vencedora foi escolhida, entre dez nomeadas, por «combinar momentos de gore [género de terror] com humor muito gráfico» e ter «uma direção de arte cuidada e uma excelente interpretação de Rita Blanco», adianta a nota.

O vencedor recebe um prémio monetário de três mil euros e o Méliès d'Argent. O filme fica assim automaticamente selecionado para o prémio Méliès d'Or Melhor Curta-Metragem Europeia, atribuído pela Federação Europeia de Festivais de Cinema Fantástico.

Além do grande prémio, o júri, constituído pelos músicos Filipe Melo e Paulo Furtado e pelo realizador norueguês Pal Sletaune, atribuiu ainda uma menção honrosa à curta-metragem «O Reino», de Paulo Castilho.

A 6ª edição do MOTELx decorreu entre quarta-feira e domingo no cinema São Jorge, em Lisboa.

Redação