Cinquenta e dois filmes vão estar a concurso na edição 2012 do CineEco - Festival Internacional de Cinema Ambiental da Serra da Estrela, a realizar em Seia de 6 a 13 de outubro, escreve a agência Lusa.

«No total, foram inscritos quase 300 filmes, oriundos de 43 países, dos quais foram selecionados 52. Na competição internacional estão 13 longas-metragens e 13 curtas e na competição lusófona 16 curtas-metragens e 10 no panorama regional», disse à agência Lusa o diretor executivo do festival, Mário Jorge Branquinho.

Segundo o responsável, os filmes selecionados para a 18ª edição do CineEco «estão entre os melhores e mais premiados da produção recente mundial, que tem o meio ambiente e o desenvolvimento sustentável como tema».

Na sua opinião, a edição deste ano será «a de melhor qualidade dos documentários a concurso, quer na competição internacional, quer da lusofonia».

Das 13 obras concorrentes à competição internacional longas-metragens destacam-se os filmes «Alma», de Patrick Rouxel (França, 2011), «Bottled Life», de Urs Schnell (Suíça/Alemanha, 2011) e «Paralelo 10», de Silvio Da-Rin (Brasil, 2011, vencedor do Festival de Cinema Ambiental de Goiás).

À competição internacional de curtas-metragens, também com 13 obras, concorrem «Bendito Machine IV», de Jossie Mallis (Espanha, 2012), «Carbon Water», de Evan Abramson e Carmen Elsa Lopez Abramson (EUA, 2011) e «Lament of Yumen», de Huaqing Jin (China, 2012), entre outros.

«A Dança dos Flamingos», de Luís Albuquerque (Portugal, 2012), «Entre a Arte e o Engenho - O Montado», de Francisco Manso (Portugal, 2011) e «Gorongosa», de Cândida Pinto, Jorge Pelicano e Marco Carrasqueira (Portugal, 2011/12) fazem parte das 16 curtas-metragens da competição lusófona.

Na competição lusófona/panorama regional, com 10 concorrentes, encontram-se trabalhos como «Fé nos Burros», de João Pedro Marnoto (Portugal, 2009/11), «As Mãos da Terra», de Susana Costa e João Garrinhas (Portugal, 2012) e «Terra dos Sonhos», de Nuno Leocádio (Portugal, 2012).

Do júri que irá escolher as melhores obras concorrentes ao festival de cinema ambiental de Seia fazem parte, entre outros, Lisandro Nogueira, diretor do FICA - Festival de Cinema Ambiental de Goiás (Brasil) e Gaetano Capizzi, diretor do Cinemambiente - Festival de Cinema de Ambiente de Turim (Itália).

O CineEco é organizado pelo município de Seia e tem como principal objetivo a divulgação de valores naturais e ecológicos, através do cinema e de atividades culturais, que abordam temas da atualidade como a biodiversidade, sustentabilidade, energias renováveis, requalificação urbana, alimentação biológica e compromissos ambientais de uma forma abrangente e pedagógica.