A realizadora argentina Lucrecia Martel vai estar presente quinta-feira, em Lisboa, na antestreia do drama «Mujer sin Cabeza/A Mulher sem Cabeça», noticia a agência Lusa.

O filme encerra um ciclo de cinema do Festival Fervor de Buenos Aires.

Iniciado na segunda-feira, o festival organizado pelo Centro Cultural de Belém (CCB) inclui uma exposição de fotografia, cinema, dança, teatro, literatura e música ao longo de um mês, sempre acompanhado pela figura tutelar do escritor Jorge Luís Borges.

O ciclo de cinema dedicado à realizadora argentina de 42 anos, premiada em festivais internacionais, começou no dia 10, com a exibição da comédia «La Ciénaga/O Pântano» (2001), e encerra quinta-feira, com a exibição em ante-estreia, de «A Mulher sem Cabeça» (2007).

O filme argentino - que conta no elenco com María Onetto, Claudia Cantero, César Bordón, Daniel Genoud, Guillermo Arengo, Inés Efrón, Alicia Muxo, Pía Uribelarrea e María Vaner - vai estrear nas salas de cinema nacionais no dia 26 de Março.

A longa-metragem começa com a personagem principal, Verónica, interpretada por María Oneto, a bater com o automóvel nalguma coisa sem saber do que se trata - objecto, animal ou ser-humano - e as consequências deste acontecimento no seu quotidiano.

Lucrecia Martel «filma os sinais de um quotidiano em que todas as aparências nos remetem para algo de secreto ou inquietante», conta João Lopes

«A Rapariga Santa» (2004) e «Rei Morto» (1995) são os outros filmes que integram o ciclo.