O cineasta portuense Manoel de Oliveira filma, aos 103 anos, uma curta-metragem em Guimarães, no âmbito da Capital Europeia da Cultura.

A curta, ainda com o nome provisório de «Metrópole Conquistadora, Conquistada», foi rodada até segunda-feira, segundo a organização.

«O filme de Manoel de Oliveira tem a duração de 20 minutos e insere-se no Histórias do Cinema - projeto que se propõe a produzir uma longa-metragem de 80 minutos, composta por três outras curtas de autores europeus de diferentes origens culturais, nomeadamente Victor Erice, Aki Kaurismaki e Pedro Costa», refere a nota da Guimarães 2012.

Este filme de Manoel de Oliveira centra a sua história numa nova conquista da cidade-berço e conta com o neto do cineasta, Ricardo Trêpa, como personagem central.

Com o Paço dos Duques e o largo da Oliveira como cenários principais, a curta contou no domingo com cerca de 500 figurantes.