O documentário «Rumo à Eternidade», de Michael Madsen, venceu a Campânula de Ouro, o prémio principal da XVI edição do Cineeco-Festival de Cinema Ambiente de Seia, como noticia a agência Lusa.

Com o nome original «Into Eternity», o filme leva o espectador a cinco quilómetros abaixo da terra onde o povo da Finlândia está a construir um depósito enorme para enterrar a sua parte dos resíduos.

O «Onkalo» (palavra finlandesa para «esconderijo») é um túnel de três milhas que deve ser selado até ao ano de 2100 e permanecer intacto pelo menos cem mil anos.

O júri internacional do Cineeco, presidido pelo realizador português Fernando Lopes, destacou a elevada qualidade média de todos os filmes submetidos a concurso.

O prémio especial do júri foi para o filme «Um Grau Faz a Diferença», de Eskil Hardt.

Veja trailer de «Rumo à Eternidade»:

Redação