A atriz Anna Karina morreu aos 79 anos. 

Anna Karina, um ícone da Nouvelle Vague, morreu no sábado, em Paris, vítima de cancro. A informação foi confirmada pelo seu agente à AFP, este domingo.

De origem dinamarquesa, Hanna Karin Barke Bayer, batizada Anna Karina em Paris por Coco Chanel, foi uma das mais icónicas atrizes do cinema francês dos anos 60.

Anna Karina ficará na memória dos cinéfilos pela sua participação nos filmes de Jean-Luc Godard, seu companheiro de trabalho, mas também de vida.

Além de Godard, Anna Karina filmou com outros dos mais importantes cineastas da história do cinema, tendo participado em filmes com Valerio Zurlini, Jacques Rivette, Luchino Visconti, George Cukor, Volker Schlöndorff, Rainer Werner Fassbinder.

"Vivre ensemble" foi a sua primeira longa-metragem que escreveu, realizou e protagonizou, em 1973.

Também teve uma carreira no mundo da música, em que se destaca a colaboração com Serge Gainsbourg.

A atriz tinha sido convidada para estar presente em maio deste ano no festival de cinema IndieLisboa, mas a viagem foi cancelada por razões de saúde.

O ministro da Cultura francês, Franck Riester, já lamentou o óbito no Twitter.

Hoje, o cinema francês fica órfão. Ele perde uma de suas lendas ", vincou Franck Riester.

Também a cinemateca francesa expressou a sua "imensa tristeza".