O ator e pugilista Bradley Welsh morreu, esta quarta-feira, depois de ter sido baleado nas ruas de Edimburgo. As autoridades comunicaram que o ex-campeão de boxe foi encontrado com ferimentos graves e já sem vida, no local do crime.

Bradley Welsh ficou conhecido pela participação no filme “Trainspotting 2”, no qual interpretou o papel de chefe de um gangue. De acordo com a BBC, esta quarta-feira, as autoridades encontraram-no morto, em Chester Street, depois de várias testemunhas terem reportado um tiroteio. Bradley Welsh tinha apenas 42 anos.

Irvine Welsh, autor do filme que o tornou conhecido do grande público, já prestou homenagem ao pugilista nas redes sociais.

“Bradley John Welsh, o meu coração está partido”, pode ler-se num comentário deixado, no Twitter. “Obrigada por fazeres de mim uma melhor pessoa e por ajudares-me a ver o mundo de uma forma mais meiga e inteligente”.

 

 

Para além de ser conhecido nos ringues e no cinema, o ator também foi a cara de vários projetos de caridade e tornou-se célebre em Edimburgo por associar-se a várias associações, como a Helping Hands e a Sick Kids Foundation.