O Festival de Cinema de Cannes, que está a decorrer naquela localidade francesa, anunciou esta terça-feira que vai realizar um minuto de silêncio esta tarde em solidariedade com as vítimas do atentado em Manchester, no Reino Unido.

Em comunicado, o festival revela “indignação e imensa tristeza na sequência do atentado do qual foram vítimas o público e a cidade de Manchester na noite de segunda-feira”.

Foram a cultura, a juventude e o espírito de festa que mais uma vez foram visados e atingidos. Tal como foram atingidas a liberdade, a generosidade e a tolerância, coisas às quais o festival e todos aqueles que o tornam possível – artistas, profissionais e espetadores – estão profundamente ligados”, pode ler-se no comunicado.

Desta forma, o festival apelou a todos os participantes no evento para que partilhem a sua solidariedade em relação às vítimas, às suas famílias e ao povo britânico, observando um minuto de silêncio esta terça-feira às 15:00 (14:00 em Lisboa).

Pelo menos 22 pessoas morreram e 59 ficaram feridas numa explosão na Arena de Manchester, no norte da Inglaterra, na segunda-feira, no final de um concerto da cantora Ariana Grande, segundo o balanço mais recente da polícia.

O comandante da polícia de Manchester, Ian Hopkins, disse que as autoridades suspeitam que o responsável foi um homem apenas, que morreu na explosão e que “transportava um engenho explosivo improvisado, que detonou, causando esta atrocidade”.

As autoridades britânicas estão a tratar este caso como um "incidente de terrorismo”.