O realizador de cinema Pedro Almodóvar recebeu o Leão de Ouro de carreira, esta quinta-feira, em Veneza. O espanhol, de 69 anos, agradeceu o prémio, que considerou "uma compensação mas também um ato de justiça política".

Pedro Almodóvar lembrou a primeira vez que marcou presença no festival italiano, corria o ano de 1983: "Era um jovem realizador e, para mim, o mero facto de participar num festival internacional era um milagre".

O cineasta voltou este ano aos cinemas com o filme "Dor e Glória", que, como é hábito nos seus filmes, é estrelado por Penélope Cruz. Esta nova película estreia em Portugal no próximo dia 5 de setembro.

A atender à cerimónia estavam o presidente da bienal de Veneza, Paolo Baratta, e o ministro da Cultura de Itália, Alberto Bonisoli.

 
/ AG