Terrence McNally, dramaturgo norte-americano, morreu, esta terça-feira, depois de ter contraído coronavírus.

McNally tinha vencido a batalha contra um cancro no pulmão, mas não resistiu aos efeitos da doença Covid-19.

"Frankie and Johnny in the Claire de Lune” (1987), “The Lisbon Traviata” (1989), “Lips Together, Teeth Apart,” (1991) “A Perfect Ganesh” (1993), “Love! Valour! Compassion!” (1994) e “Master Class” (1995) estão entre as obras mais conehcidas deste autor norte-americano.

O dramaturgo, que venceu vários prémios Tony e ainda um Emmy, é a mais recente vítima da pandemia nos EUA, país onde já morreram 600 pessoas com a doença.

Esta terça-feira a Organização Mundial da Saúde alertou que os Estados Unidos correm o risco de se tornarem o epicentro da pandemia de Covid-19, devido ao rápido aumento do número de infetados naquele país, particularmente na cidade de Nova Iorque.