A atriz Claudia Cardinale é a estrela do novo cartaz do festival de Cinema de Cannes. O poster oficial da 70ª edição, a realizar em maio deste ano, foi revelado quarta-feira e já causou polémica.

Os órgãos de comunicação social franceses, escreve a AFP, garantem que a imagem foi “retocada” e as redes sociais também se indignaram perante a possibilidade das coxas da atriz terem sido tornadas mais magras.

A imagem de Claudia Cardinale, atualmente de 78 anos, é antiga. Data de 1959, quando a ainda jovem atriz foi fotografada, a rodar a saia, num telhado de um prédio em Roma.

O jornal diário francês Liberation escreve, por exemplo, que “Claudia Cardinale diminuiu um tamanho enquanto rodava a saia”. Já a revista semanal francesa Telerama, dedicada à cultura, questiona a necessidade de “retocar” a imagem:  

“Apesar do cartaz ser magnífico, a fotografia foi claramente e deploravelmente retocada para tornar as coxas da atriz mais magras. Que pena”

Nas redes sociais a questão também se colocou, com muitos internautas e perguntarem qual a necessidade de usar Photoshop numa imagem da atriz, quando ela era um símbolo de beleza e juventude.

     

A polémica já levou mesmo a atriz a reagir e Claudia Cardinale não se mostrou impressionada.

A imagem foi retocada para acentuar o efeito de leveza e transpor-me para uma personagem de sonho”, afirmou ao Huffington Post.

Entretanto, também o Festival de Cannes divulgou um comunicado de Claudia Cardinale, onde a atriz revela que se sente honrada em ser a estrela do cartaz oficial:

“Esta preocupação por realismo não tem lugar aqui, como feminista assumida, não vejo qualquer afronta ao corpo feminino. Há coisas mais importantes para discutir no mundo. Isto é cinema”

 
Cartaz oficial de Cannes de 2017

Mas apesar da atriz, que se assume defensora dos direitos das mulheres, não ver qualquer problema na imagem retocada, o mesmo não se pode dizer de outras feministas. Claire Serre-Combe, do associação “Osez le feminisme!” (Ouse ser feminista!), considera escandaloso que a Cardinale “magra e magnífica na foto original” tenha de ter “perdido quilos” para o cartaz oficial de Cannes.
 

/ PP