Em tribunal, o ator norte-americano de 38 anos assumiu a autoria da morte de Joshua Sutter, o companheiro com quem dois anos antes dividia uma casa em Green Valley, a norte de Los Angeles, na Califórnia.

Ricardo Medina foi assim condenado por homicídio involuntário a seis anos de prisão e escapou a uma eventual sentença de homicídio qualificado.

O ator, que também participou num episódio da série televisiva "CSI: Miami", em 2012, tornou-se conhecido entre o público juvenil por integrar o elenco, em várias temporadas, dos Power Rangers. Assumia o papel de Deker, o herói que trajava de vermelho.

Ricardo Medina Jr., pelo que foi conhecido no tribunal, terá matado Joshua com uma espada que guardava no quarto, semelhante à usada por Arnold Schwarzenegger, no filme "Conan, o bárbaro".

O caso fatídico ocorreu a 31 de janeiro de 2015. A discussão entre Ricardo e Joshua terá começado por causa da forma como a namorada do ator estacionara o carro.

Pelo que se apurou em tribunal, a desavença começou na cozinha da casa que ambos partilhavam e levou Ricardo Medina Jr. e a namorada a refugiarem-se no quarto. Quando Joshua tentou arrombar a porta, o ator espetou-lhe a espada na barriga.

Foi Ricardo Medina Jr. que chamou os serviços médicos de emergência e que depôs na polícia. Não escondeu ter matado Joshua, mas alegou sempre ter sido em legítima defesa.