O ator Ângelo Rodrigues saiu do coma induzido em que se encontrava, depois de ter sido diagnosticado com uma grave infeção generalizada. A agência Glam, que representa o ator, confirmou a informação, em comunicado, esta sexta-feira à noite. 

A mesma fonte adianta que o ator apresenta "francas melhoras", mas ainda assim "permanecerá nos cuidados intensivos e o prognóstico continua reservado". 

Até ao momento, o Ângelo fez somente três intervenções cirúrgicas", esclareceu ainda a agência. 

No documento, a Glam adianta ainda que "a família agradece as inúmeras manifestações de carinho e todo o respeito demonstrado" e acrescenta que "só serão dados mais esclarecimentos se houver alguma alteração do estado clínico do ator".

O ator de 31 anos deu entrada no Hospital Garcia de Orta, na passada segunda-feira, com uma infeção, estando internado nos Cuidados Intensivos desde então.

De acordo com Selfie, que cita fonte hospitalar, depois de ter dado entrada no hospital, Ângelo Rodrigues, de 31 anos, sofreu uma paragem cardíaca, tendo sido submetido a três cirurgias para remoção de tecidos e para drenar um abcesso.