Por causa da covid-19 temos visto, um pouco por todo o mundo, imagens de dor, sofrimento, desespero, mas também de esperança e de alegria. Num momento em que os pedem que nos mantenhamos afastados a imagem de um abraço em Itália tornou-se viral e está a comover quem as vê.

Durante 40 dias, Marco Barbieri esteve no hospital a travar uma batalha com o vírus que está a assustar o mundo. Depois desses 40 dias no hospital o taxista de 56 anos, que já trabalhou na segurança e bilheteira da Roma, voltou a casa.

Foi envolvido num abraço da família ainda na rua, aplaudido pelos vizinhos, num momento de emoção que atravessa o ecrã. Um sinal de esperança num país fustigado pela epidemia, em que as vítimas mortais estavam quase a chegar às 28 mil do balanço de quinta-feira. Um sinal de esperança num mundo que já conta 233 mil óbitos.

A filha, Clarissa, partilhou as imagens nas redes sociais com uma mensagem: «Aqui depois de 40 dias. Um homem, um guerreiro.»

Clarissa contou como foram «intermináveis estes 40 dias infernais», por entre «lágrimas e palavrões» e em que questionou: «Porquê eu?» «Recebi um número infinito de mensagens de carinho. Gostava de abraçar-vos a todos, um a um, como o abracei a ele», dizia Clarissa, que acrescentava: «Não tenho mais palavras.»

E as imagens que partilhou valem mais do que qualquer coisa que pudesse dizer.

Veja aqui: