Com a aproximação dos festejos do Natal e da Passagem do Ano e a atual situação epidémica do país devido à evolução da pandemia da covid-19, a Direção-Geral da Saúde emitiu um documento que vem alertar a que todos “poderem o risco a que podem estar expostos nas suas atividades diárias”.

As festividades promovem o convívio entre família e amigos, aumentando o número de aglomerado de pessoas e o contacto físico entre elas. Por isso, a uma semana do Natal, a DGS apela a todos que “festejem em segurança e com responsabilidade”, avançando com algumas dicas que devem ser adotadas:

  1. No caso de ainda não ter sido vacinado, agende a sua vacinação;
  2. Aumente a realização de testes, sejam eles testes rápidos (TRAg) ou autotestes, como medida de precaução;
  3. Opte por participar em festividades com grupos mais reduzidos, idealmente da mesma bola familiar/ social;
  4. Escolha espaços amplos e ventilados;
  5. Nos convívios, mantenha a distância entre convidados, aptando pela divisão das pessoas entre mesas, por exemplo;
  6. Use a máscara quando não estiver a consumir alimentos ou bebidas

Para além destes conselhos, a DGS apela ainda que todos estejam alerta para eventuais sintomas relacionados com a covid-19 que possam aparecer, como febre, tosse ou espirros.