Cristiano Ronaldo enfrenta este Euro 2020 com um ponto de interrogação sobre ele: na próxima época, fica ou sai da Juventus? Nesta altura não se sabe e por isso alguém quis saber se isso podia ser uma motivação extra para o português.

«Já jogo a alto nível há 18 anos, acho que isso nem me faz cócegas. Se estivesse a começar agora, com 18 ou 19 anos, se calhar nem dormia à noite a pensar no meu futuro. Mas agora com 36 anos... É como digo, o que vier, será para bom. Independentemente de ficar ou sair, isso não é o mais importante agora», respondeu.

«O mais importante é focarmo-nos na seleção, uma competição desta magnitude não se joga todos os dias, vou jogar o quinto europeu mas na minha cabeça é como se fosse o primeiro. Quero entrar com o pé direito, quero ganhar, quero jogar bem e quero ter pensamos positivos, desde o início até ao fim da competição.»

Sérgio Pires / Enviado-especial ao Euro 2020