Depois de ter avançado que Sérgio Conceição ia ser o próximo treinador do Nápoles, o Corriere dello Sport revelou esta terça-feira um volte-face nas negociações com o ainda técnico do FC Porto e o clube italiano.

A verdade é que, já depois daquele meio de comunicação italiano, outros seguiram o mesmo sentido, com o La Stampa a marcar mesmo a data de apresentação para quarta-feira.

Em causa estarão divergências contratuais entre o técnico e a direção napolitana.

Galtier, Spalletti e Simone Inzaghi são os nomes que surgem neste momento como possibilidades para assumir a liderança do clube que foi quinto classificado da Serie A.

O atual treinador do FC Porto acaba contrato agora, e muito se tem especulado sobre se continua no Dragão ou se faz malas para nova paragem.

Sérgio Conceição foi o treinador do FC Porto nas últimas quatro épocas, tendo vencido dois campeonatos, uma Taça de Portugal e duas Supertaças.

Este ano, e apesar de não ter conseguido nenhum título, o treinador levou os azuis e brancos aos quartos de final da Liga dos Campeões, depois de ter eliminado a Juventus de Cristiano Ronaldo nos oitavos, numa eliminatória histórica e épica, em que a equipa portuguesa jogou a segunda mão reduzida a dez durante quase toda a segunda parte e os 30 minutos do prolongamento.

Antes do Nápoles, Sérgio Conceição tinha já sido apontado à Lazio de Roma, equipa por onde passou enquanto jogador.

Antes do FC Porto, o treinador de 46 anos teve passagens por Nantes, SC Braga, Vitória Sport Clube, Académica e Olhanense.

António Guimarães