O Mais Bastidores continua a seguir de perto o caso da agressão ao repórter de imagem da TVI Francisco Ferreira, por parte do empresário ligado ao FC Porto Pedro Pinho. O jornalista continua em choque e já esteve na presença de um médico onde foram confirmadas as mazelas físicas fruto do incidente.

Já foram provadas as mazelas físicas em, pelo menos, três partes do corpo. Na boca, na coxa e na cabeça", revelou Rui Pedro Braz, que sublinhou que as autoridades de saúde insistem que Francisco Ferreira vai necessitar de apoio psicológico.

O comentador da TVI contou também o clima de terror vivido pela família do jornalista, com as suas filhas adolescentes a viverem com o receio de que a sua vida se torne “num verdadeiro circo” devido ao “triste incidente” protagonizado pelo empresário Pedro Pinho.

Pedro Pinho tem de compreender as consequências diretas e indiretas dos seus atos”, reforçou.

Para Nuno Dias, o grande problema serão as repercussões psicológicas do que aconteceu. O comentador destacou ainda as palavras do técnico do Sporting de Braga, Carlos carvalhal, que disse a que a situação chegou a um patamar que “qualquer dia andamos todos à porrada”.

Cândido Costa sublinhou que, apesar de Pedro Pinho ser próximo de Pinto da Costa, isso não “faz dele dirigente” e acabou por tirar o foco daquilo que considera ter sido “uma arbitragem desastrosa.

Redação / JGR