O FC Porto vai defrontar o Chelsea na próxima eliminatória da Liga dos Campeões. A equipa de Sérgio Conceição vai jogar o primeiro jogo em casa.

Rui Pedro Braz sublinhou que, para quem chega a esta fase da prova rainha do futebol, não interessa quem se defronta. “É lutar para fazer o melhor possível e tentar ser mais forte”, explicou.

FC Porto chegou a esta fase a provar o tal ADN a que Pinto da Costa se referia”, afirmou.

O comentador alertou ainda para o poderio da equipa londrina e apelou para que as pessoas não se deixem enganar pela quarta posição na Liga Inglesa que o clube ocupa.

Esta em quarto na liga inglesa não é um desprimor para ninguém, estamos a falar da liga mais poderosa do mundo”, sublinhou.

Nuno Dias, por sua vez, apontou para o poderio trazido pelo treinador alemão Thomas Tuchel, que considera ter feito do Chelsea uma equipa “muito forte” e com um grande “potencial”.

Os encarnados vão ao estádio da pedreira enfrentar o Sporting de Braga e tentar fazer aquilo que não têm conseguido fazer ao longo desta época e vencer frente a rivais de dimensão semelhante.

Rui Pedro Braz destaque a época atípica das águias e diz que, este ano, o Benfica está “encolhido na sua grandeza”.

Este ano, poucas vezes o Benfica foi superior ao seu adversário”, reparou.

Já o Sporting recebe o Vitória de Guimarães, este sábado. Os leões vão poder voltar a contar com Paulinho, mas Nuno Santos vai estar de fora.

Tiago Tomás e Paulinho podem perfeitamente coabitar no onze do Sporting”, explicou Rui Pedro Braz.

Redação / JGR