Parece estar perto do fim a novela da transferência de Lucas Veríssimo para o Benfica. O acordo está finalizado, mas a decisão final só deverá acontecer esta terça-feira, numa reunião do Conselho deliberativo do Santos.  

O central brasileiro é um antigo desejo de Jorge Jesus valor e deverá rumar à Luz por uma verba de oito milhões de euros.

Resta saber se é uma compra a definitivo ou se é um empréstimo com opção de compra obrigatória. Creio que será um empréstimo com opção de compra obrigatória”, revelou o comentador da TVI Nuno Dias. “O Benfica já gastou mais de 100 milhões de euros esta temporada, assim poderá passar a verba desta transferência para as contas do próximo ano.”

Nuno Dias sublinhou ainda a vontade do jogador em treinar com o técnico encarnado, tendo rejeitado uma oferta milionária do Al-Nassr de Rui Vitória. Já para Cândido Costa, esse é um sinal claro que o jogador quer mesmo representar o Benfica.

O jogador preferiu a vertente desportiva à vertente financeira”, frisou. “O jogador falou com Jorge Jesus e acredito que dessas conversas o jogador terá ficado com boas perspetivas para ser titular no Benfica.”

A confirmar-se a movimentação, o Benfica fica um um total de seis defesas centrais, algo que, para Cândido Costa, pode ser excessivo.

Seis centrais é muito. É difícil gerir egos num plantel como o Benfica, apesar da vontade de jogar não ser algo mau”, considerou Cândido Costa.

Também sobre o olhar atento dos dirigentes encarnados está o rendimento de Pizzi. O craque encarnado está a ter um rendimento abaixo do esperado esta época.

Pizzi era um dos jogadores que mais criava golos no Benfica. Sem pôr em causa a qualidade do jogador, há uma quebra clara de rendimento”, reparou Nuno Dias. “Há uma diferença de Pizza das outras épocas para esta.”

Doyen processa o FC Porto

Doyen reclama 1,8 milhões de euros por causa de Brahimi. O fundo de investimento Doyen acionou uma cláusula que estava prevista no contrato do jogador.

Em causa estaria uma percentagem de uma verba de uma futura transferência do jogador. No entanto, o atleta acabou por sair a custo zero do FC Porto, privando o fundo de qualquer receita.

Nuno Dias analisou a situação e acredita ser muito difícil compreender onde é que a Doyen se “agarra” juridicamente para reclamar a verba aos dragões.

Marega com proposta milionária à espera

O avançado maliano do FC Porto está no último ano de contrato e terá várias propostas milionárias em cima da mesa.

Faria uma confusão tremenda se não houvesse clubes ingleses muito atentos a este mês e meio que falta para o jogador poder sair a custo zero”, frisou Cândido Costa.

O comentador da TVI relembrou que, no último mercado de transferências, o FC Porto afirmou que tudo faria para não deixar sair nenhum jogador a custo zero, no entanto, os dragões não têm capacidade financeira para fazer frente às investidas de clubes ingleses.

Em cima da mesa estará uma proposta de três milhões anuais e cinco milhões de assinatura.

Os valores que oferecem a Marega ninguém consegue pagar em Portugal”, explicou Nuno Dias.