Rúben Amorim continua à procura de um avançado e Nmecha pode mesmo vir a ser a escolha dos leões. Os leões não confirmam o interesse no jogador, mas Rui Pedro Braz voltou a insistir que o jogador continua a ser o alvo preferido pelos campeões nacionais para o ataque.

“Continuamos a ter a informação de que Nmecha é o principal alvo do Sporting para o ataque”, revelou o comentador da TVI. Segundo Braz, a postura dos leões é “compreensível” e pode significar que os dirigentes leoninos querem libertar primeiro Sporar antes de assumir que quer um avançado.

Opções no ataque do Sporting são curtas para defender o título, para jogar Champions, para jogar Taça de Portugal”, rematou.

Já no Benfica, Pedrinho parece ser o principal assunto em cima da mesa. O jogador brasileiro pode estar a caminho do Shakhtar, no entanto, dirigentes de ambos os clubes não conseguem chegar a acordo quanto aos valores da transferência. Benfica quer, pelo menos 18 milhões e os ucranianos não querem pagar ultrapassar a fasquia dos 15 milhões.

Há uma diferença de dois milhões de euros entre o que o Shakhtar está disposto a dar e aquilo que o Benfica está disposto a receber”, afirmou.

 Nos dragões, Sérgio Oliveira poderá estar de saída por 20 milhões de euros. O médio portista tem uma proposta dos italianos da Fiorentina e os dragões não estão dispostos a vender o jogador abaixo desse preço.

É entre os 15 milhões que a Fiorentina oferece e os 20 milhões que o Porto pede que se irá resolver a situação de Sérgio Oliveira. Sérgio fez 29 anos, ou o Porto vende agora ou o jogador poderá desvalorizar”, sublinhou.

Redação / JGR