O relvado do Estádio da Luz tem dado que falar nos últimos tempos e Nuno Dias defende que o Benfica tem de perceber se e a razão para os resultados e exibições menos conseguidos é o tapete ou se apenas um de vários fatores. O comentador não descarta que as lesões de Chiquinho e Rafa estejam relacionadas com o relvado e revela que os encarnados estão a ponderar colocar um novo tapete - o terceiro desde o início da temporada.

Nuno Dias lembrou que o Benfica trocou de relvado após o concerto duplo de Ed Sheeran no Estádio da Luz e depois do jogo de apresentação com o Anderlecht, e é para isso que Rui Costa e Tiago Pinto estão na Holanda a fazer uma observação de relvados com o objetivo de mudar o tapete numa proxima paragem das competições, muito provavelmente em novembro.

Entretanto, o Boca Juniors exerceu a opção de compra da totalidade do passe de Lisandro López, num negócio que vai permitir um encaixe de três milhões de euros. Nuno Dias acredita que é um bom negócio para todas as partes: o Boca Juniors fica com um jogador que realmente quer; Lisandro López vai poder jogar com regularidade, uma vez que nunca se impôs no Benfica; e os encarnados acabam por realizar um encaixe financeiro significativo.

No Sporting, Nuno Dias comentou o "outro campeonato" de Silas, que chegou a Alvalade não só com o objetivo de recuperar nos objetivos da temporada do Sporting, mas com a tarefa de apostar na formação de Alcochete. O comentador defende que o trabalho não era à partida fácil, mas piorou com a derrota na Taça de Portugal, aliás a única do pontificado de Silas.

Esta aposta na formação verde e branca encontra eco na vontade de Frederico Varandas. O presidente do Sporting voltou a investir para modernizar a academia, que já foi pioneira, de forma a rentabilizar os jogadores da formação. Segundo Nuno Dias, Varandas vê em Silas a vocação para essa tarefa e encontrou, do lado do treinador, a motivação para o fazer.

Finalmente no FC Porto, Nuno Dias revelou que Marega ficou de fora do jogo com o Famalicão para gestão de esforço. O comentador acrescentou que o avançado esteve em estágio com o resto da equipa e acabou por não jogar, situação que vai repetir frente ao Marítimo, uma vez que o departamento médico do FC Porto não quer submeter o maliano a esforço excessivo.

Nuno Dias recordou as imagens de Marega no camarote em ambiente de boa disposição com a família, inclusivamente vestido com o fato de treino dos azuis e brancos.