Depois da vitória do Benfica perante o Zenit, os jogadores encarnados afirmaram que podiam ter chegado mais longe na competição. Para Pizzi, a equipa merecia mais. Já Chiquinho afirma que o Benfica dominou "por completo o Zenit".

A vitória do Benfica esteve também em análise no estúdio da TVI24, onde os comentadores Cândido Costa, Diamantino Miranda e Miguel Guedes analisaram a prestação das águias.

Pizzi, capitão das águias, realçou a qualidade exibicional durante os 90 minutos. O médio do Benfica garantiu que a equipa poderia ter chegado mais longe na Liga dos Campeões.

Fica demonstrado que merecíamos mais”, evidenciou Pizzi.

 

Rúben Dias explicou que é fácil olhar para trás e apontar os erros que ditaram a eliminação do Benfica da Liga dos Campeões. O defesa encarnado acrescentou que o percurso na Liga Europa será feito “passo a passo”.

A Champions é isto. O erro faz parte do futebol”, referiu Rúben Dias.

 

Chiquinho evidenciou a diferença exibicional entre o Benfica e o Zenit. O jogador das águias disse que os russos só tiveram uma oportunidade para fazer golo.

Dominámos por completo o Zenit”, explicou Chiquinho.

 

Cervi abriu o marcador a favor do Benfica, golo que acabou por desbloquear o jogo. O avançado referiu que o objetivo das águias é sempre chegar até ao fim seja qual for a competição.

Queremos chegar até ao fim”, disse Cervi sobre a Liga Europa.

 

Bruno Lage relembrou o primeiro jogo da Liga dos Campeões, em que colocou Cervi e este falhou um golo isolado, partida também frente ao Zenit que as águias acabaram por perder por 3-1. O treinador encarnado explicou ainda que seis jogos depois foi o mesmo Cervi a marcar o golo abriu caminho para a vitória.

A nossa ambição é sempre a mesma”, acrescentou Bruno Lage.

 

 Bruno Lage realçou o trabalho de Gabriel e Taarabt na coesão defensiva. O treinador explicou que foi sempre necessário criar um equilíbrio entre a pressão ofensiva e proteger a baliza das águias.

Não podíamos dar oportunidades para que o adversário construísse”, esclareceu o técnico das águias.

 

Bruno Lage voltou a afirmar que não poupou nenhum jogador em qualquer dos jogos da Liga dos Campeões. O técnico encardo relembrou que Cervi tinha estado no primeiro jogo frente ao Zenit.

Nós não fizemos gestão de ninguém”, reiterou Lage.