Na conferência de imprensa após o clássico no Estádio do Dragão, um jornalista Duarte Monteiro, do Zerozero.pt questionou Sérgio Conceição sobre o número de vezes que o banco dos dragões se levantou durante o jogo.

O técnico ripostou e questionou o jornalista se tinha contado as vezes que o banco do Sporting se levantou. A resposta foi: quatro.

No fim da conferência, o assessor de imprensa Rui Cerqueira, ex-jornalista, dirigiu-se a Duarte Monteiro com palavras pouco amigáveis.

O Sindicato dos Jornalistas já denunciou o caso.

O jornalista em causa foi humilhado pelo treinador do Futebol Clube do Porto e insultado pelo assessor de comunicação do mesmo clube", diz o Sindicato dos Jornalistas em comunicado.

 

Pedro Porro partilhou um vídeo nas redes sociais, onde se pode ver o defesa espanhol a ficar de mão estendida diante de Francisco Conceição, no final do jogo entre FC Porto e Sporting.

O jogador do Sporting acrescentou ainda em vez de um aperto de mão foi ofendido pelo filho de Sérgio Conceição.

Dizem os mandamentos do futebol que mão estendida é mão apertada”, explica Cândido Costa.

 

Rui Pedro Braz considera que Francisco Conceição esteve mal ao não cumprimentar Porro no final do clássico.

Os comentadores da TVI relembram ainda casos semelhantes com Sérgio Conceição, como ocorreu com Carlos Carvalhal, no final da primeira mão da Taça de Portugal.

Em relação a cumprimentar adversários, não sei quem o pode ensinar”, diz Rui Pedro Braz.

 

Benfica: Vieira não despede Jesus e diz ser o responsável pelo mau momento

Em 12 jogos, o Benfica somou apenas três vitórias, três derrotas e seis empates.

O mau momento encarnado não passa despercebido aos adeptos, que exigem mudanças.

Em entrevista à BTV, Luís Filipe Vieria garante que não vai despedir Jorge Jesus e assumiu as culpas que diz ter pelas últimas exibições das águias.

Na entrevista à BTV, Luís Filipe Vieira disse que caso não exista imunidade de grupo, na próxima temporada, o Benfica não vai passar a equipar-se no hotel e não nos balneários dos estádios dos adversários.

Cândido Costa repudia a posição do presidente do Benfica, que tem vindo a ser acusado de estar a culpar o FC Porto pelo surto de covid-19 na estrutura encarnada.

Se calhar os clubes têm medo é de ir ao balneário do Benfica”, refere Cândido Costa.

 

Nuno Mandeiro