5-1 em Munique. O terceiro pior resultado da história europeia do Benfica foi conseguido na fria noite de Munique e Rui Vitória conquistou mais um lugar neste pódio negativo.

Depois dos 5-0 em Basileia há precisamente um ano, o Benfica voltou a ser goleado e trouxe para Lisboa mais 5. Pior só mesmo os 7-0 em Vigo, ainda no virar do século XX.

Do jogo não há muito a dizer.

Robben, Ribéry e Lewandowski, três homens acima dos 30 anos, fizeram o que quiseram da defesa encarnada e o holandês já tinha dois golos em seu nome à meia hora.Como foram? Caro leitor, pode ver isso no vídeo, mas não é difícil de imaginar. Driblou da esquerda para dentro e com o pé esquerdo rematou para golo. Não é sempre assim, Robben?

Antes do intervalo, Lewandowski fez o 3-0 num canto e a hecatombe já se adivinhava.

Ao abrir a segunda parte, Gedson acabado de entrar reduziu e a esperança do Benfica até cresceu um bocadinho, só que os bávaros não sabem parar e em novo canto Lewandowski fez o quarto. Já perto do fim, Ribéry não quis ficar atrás dos companheiros e fez o 5-1.

Benfica eliminado da Champions, cai para a Liga Europa e o Bayern segue em frente com a companhia do Ajax. Os holandeses venceram na Grécia por 2-0, num jogo marcado por confrontos entre adeptos.

Ver também:

Mourinho "partiu a loiça toda", Ronaldo assistiu: estão os dois apurados

Mourinho partiu a loiça, mas não foi pelo futebol jogado pelos jogadores do Manchester United. Os "Red Devils" só venceram o Young Boys nos descontos e foi aí o Special One partiu a tal loiça. Veja aqui o momento hilariante!

Fellaini foi o salvador do português e colocou o Man United nos oitavos. Foi o 14.º apuramento de Mourinho em 14 Champions disputadas.

No outro jogo do grupo, Cristiano Ronaldo foi uma vez mais decisivo, mas desta vez com o passe para golo. O português "partiu os rins" a Gabriel e serviu na perfeição Mandzukic. Triunfo da Juventus por 1-0 sobre o Valência e o apuramento garantido.

Juventus e Manchester United seguem para os oitavos, o Valência cai para a Liga Europa e o Young Boys está eliminado.

 

Paulo Fonseca ainda sonha e tudo por culpa de um golo fora de horas 

O Shakhtar, de Paulo Fonseca, sabia que só um triunfo sobre o Hoffenheim e uma escorregadela do Lyon com o Man City permitia lutar pela qualificação na última jornada.

E, por isso, a equipa ucraniana entrou a todo gás e aos 16 minutos já vencia com golos de Ismaily, ex-Braga, e Taison. Tudo parecia um passeio, só que Kramaric relançou os alemães e Zuber, antes dos 40 minutos, empatou o jogo. Ficou tudo em aberto no jogo e só aos 90+2', Taison, servido por Ismaily, fez o 2-3 para loucura de Paulo Fonseca.

No outro jogo, o Lyon empatou com o Man City a duas bolas e agora terá de ir a casa do Shakhtar discutir o apuramento.

Man City está apurado, Lyon tem sete pontos, o Shakhtar tem cinco e o Hoffenheim tem três, estando já eliminado.

 

Roma e Real Madrid apurados "no balneário"

Roma e Real Madrid defrontavam-se no Olímpico e os dois podiam apurar-se esta noite. O objetivo foi conseguido, mas nem foi preciso jogarem.

Às 17h55, o Viktoria Plzen foi ao terreno do CSKA Moscovo vencer por 2-1 e colocou Roma e Real Madrid nos oitavos.

Por isso, o jogo entre os dois em Itália servia para definir o primeiro lugar e ficou decidido. Os merengues venceram por 2-0, com golos de Bale e Lucas, e seguraram a liderança.

A Roma segue no segundo posto para os oitavos, Plzen e CSKA Moscovo vão decidir a vaga para a Liga Europa.