Acertar num buraco na primeira tacada por si só já é uma tarefa muito complicada para um golfista de elite, dificuldade que aumenta quando só se tem um braço para fazê-lo.

A proeza de acertar, na primeira tacada, num buraco que se encontrava a mais de 140 metros de distância foi conseguida pelo golfista canadiano Laurent Hurtubise, no circuito da PGA de West stadium, na Califórnia, Estados Unidos.

Laurente Hurtubise, que nasceu sem o antebraço direito, joga desde os 11 anos e na última semana tornou-se a mais recente sensação do golfe.