Foi a primeira grande entrevista na TVI, 21 anos depois: Pinto da Costa, presidente do FC Porto, conversou com Pedro Mourinho no Jornal das 8 de quinta-feira sobre o clube, o futebol, mas também sobre política e os processos na Justiça.

Sem poupar críticas a António Costa, por ter dado o nome para a Comissão de Honra de Luís Filipe Vieira, Pinto da Costa também dispara a Marcelo, que acusa de ser obstáculo à regionalização. "Temos de esperar que vá embora", sublinhou. 

Sobre o clube, não se compromete com o último mandato mas garante que não vai interferir numa futura liderança e admite que ainda gostava de fazer a cidade desportiva. E garantiu que o filho, Alexandre Pinto da Costa, não faz negócios com o FC Porto, acrescentando que não considera o processo Apito Dourado uma mancha na reputação porque tudo não passou de uma suspeita.