O FC Porto perdeu por 2-0 frente ao Rangers na Escócia e complicou as contas europeias.Luís Vilar diz que o s dragões têm um ADN de vitórias e que como tal qualquer derrota é pesada. O comentador acrescenta ainda que a equipa de Sérgio Conceição tinha a obrigação de ficar no primeiro lugar do grupo.

Já Rui Pedro Braz deixa duras críticas às exibições do FC Porto na Liga Europa. Braz explica que se continuar assim a equipa de Sérgio Conceição dificilmente vai conseguir apurar-se na fase de grupos.

O FC Porto tem apenas uma vitória e um empate nos quatro jogos realizados a contar para a Liga Europa. Rui Pedro Braz realça que ninguém esperava esta escassez pontual e que os dragões estivessem no último lugar do grupo.

Ninguém esperaria que o FC Porto tivesse apenas quatro pontos em quatro jogos”, diz Rui Pedro Braz.

 

Luís Vilar confessa que não entende como alguns dos jogadores do FC Porto apresentam níveis de cansaço tão elevados. O comentador explica ainda que Renzo Saravia tem de ser reaproveitado.

Ricardo Sá Pinto analisou a vitória europeia sobre o Besiktas. O treinador do Braga realça a importância desta vitória e diz estar muito contente.

Não há segredos. Fomos nós a impor o nosso jogo”, explica Ricardo Sá Pinto.

 

Luís Vilar evidencia as diferenças do Braga na Europa e nas competições nacionais. As diferenças são notórias e o comentador não entende a razão.

Rui Pedro Braz elogiou o esquema tático de Silas. O comentador realçou a compostura defensiva dos leões.

Começam a perceber que afinal o José Peseiro sabia o que estava a fazer”, relembra Rui Pedro Braz.

Luís Vilar explica que o Sporting está a melhorar. O comentador avança que os leões “estão a recuperar a sorte”, mas que ainda têm um “medo cénico” de jogar no Estádio de Alvalade.

O Sporting acusa algum medo de atuar em casa frente aos seus adeptos”, teoriza Luís Vilar.