O mercado já começa a mexer e a transferência de Jorge Jesus para o comando técnico do Benfica promete fazer correr muita tinta. Esta terça-feira, no Mais Transferências, Rui Pedro Braz, Nuno Dias e Cândido Costa analisaram alguns dos nomes mais falados para reforçar os três grandes.

Jorge Jesus regressa ao comando técnico dos encarnados e parece já ter os olhos fixados num alvo para reforçar a equipa: o extremo do Grêmio “Cebolinha”. O clube brasileiro está a passar dificuldades financeiras e detém apenas 50% do passe do atleta avaliado em 25 milhões de euros.

“Este é mesmo craque. Quando há uns meses Jorge Jesus disse haver extremos melhores que Pedrinho a jogar no Brasil, era a “Cebolinha” que se referia”, afirmou Rui Pedro Braz. “Para Jorge Jesus, Everton “Cebolinha” é o melhor extremo a jogar no Brasil.”

Apesar de ter uma capacidade financeira considerável, Nuno Dias considera que o Benfica deve fazer uma gestão equilibrada “em função dos objetivos de Jorge Jesus”, admitindo, no entanto, que as entradas no clube possam chegar aos três dígitos.

“Apesar de tudo, 28 milhões é um valor bastante elevado. Agora, trata-se de um jogador diferenciado, muito rápido e que cria tremendos desequilíbrio na frente”, frisou Nuno Dias.

Outra das posições que Jorge Jesus quer ver reforçada no clube da Luz é a de lateral direito. O Mais Transferências sabe que o treinador quer arranjar concorrência de peso para André Almeida. Depois de noticiar o interesse em Gilberto, Rui Pedro Braz revelou que agora o nome de Guga, do Atlético Mineiro, está em cima da mesa.

O lateral, de 21 anos, não está em bons termos com o clube e com os adeptos, depois de ter festejado a conquista da Copa Libertadores por parte do Flamengo através das redes sociais. Algo que poderá “facilitar” a saída do jogador do Brasil.

“É uma tarefa hercúlea”, foi assim que Cândido Costa classificou a tarefa de Jorge Jesus de voltar a pôr o Benfica a ganhar o campeonato nacional, tendo em conta a atual forma da equipa. No entanto, o comentador da TVI24 acredita que os anos de experiência que o “mister” acumulou fazem com que esteja mais preparado para lutar pelo título.

Para isso, o técnico abdicou do período de férias e vai já pegar em vários dossiers nas próximas semanas. Da análise de dossiers de olheiros, da preparação da pré-temporada, organização do departamento técnico, dispensas e contratações, são algumas das tarefas reveladas por Nuno Dias, no Mais Transferências.

 O mercado parece estar a aquecer no norte de Portugal, depois de uma “inconfidência” de Fábio Silva nas redes sociais revelar que Alex Telles estará de saída. No vídeo, Fábio Silva respondeu a adeptos portistas que elogiavam o jogador dizendo “ele vai embora, mano”.

Outro dos jogadores campeões nacionais que poderá estar de saída é Danilo Pereira. O médio portista “piscou o olho” a um possível rumo ao Arsenal, admitindo a ambição de rumar a uma liga mais competitiva.

Depois de todas as conquistas de Jorge Jesus no Flamengo, o clube brasileiro está decidido em substituir o técnico por um treinador nacional. O nome escolhido é Carlos Carvalhal.

Confesso que, no dia de ontem, pensei que se tratassem apenas de rumores, hoje, parece-me que houve desenvolvimentos e o Carlos Carvalhal pode estar de entrada no comando da equipa técnica do Flamengo”, revelou Cândido Costa.