O programa Mais Transferências desta terça-feira desvendou um pouco do véu daquilo que serão as apostas dos três grandes no mercado, sublinhando um grande interesse no futebol português por jovens promessas.

Talles Magno, jogador de 18 anos do Vasco da Gama, entra nas contas do Sporting para o ataque ao título. O atacante é cobiçado pelas estruturas de grandes clubes europeus, mas pode vir mesmo a chegar ao SCP devido a uma cláusula de preferência registada na altura em que o clube de Alvalade cedeu Bruno César aos vascaínos.

É um jogador referenciado há algum tempo. Acredita-se em Alvalade que, se o jogador for integrado numa estrutura com ambição, a curto médio prazo pode vir a ser uma referência”, diz Nuno Dias, sublinhando o interesse da Lazio e do Bayer Leverkusen pelo jovem avançado.

 

No estádio do Dragão, a principal preocupação atualmente está a ser a ultrapassagem do fair-play financeiro. 

A solução pode estar nas mãos de Jorge Mendes que deve garantir um encaixe de 80 milhões de euros ao FCP com a venda de Diogo Leite e de Fábio Silva, este último referenciado “pelos maiores do mundo” deverá sair por 40 milhões de euros.

Jorge Mendes vai fazer entrar 80 milhões de euros nos cofres portistas e tem a vantagem não existirem passes partilhados, o que torna o valor do jogador líquido”, diz Rui Pedro Braz.

Ainda assim, explicam os comentadores, “este pequeno milagre não chega”. Tudo porque o FCP deverá precisar de encaixar 130 milhões de euros para fazer frente às questões do fair-play financeiro.

 

 

 

O FCP precisa mesmo de vender primeiro antes de contratar. Vai ter de abdicar desta formação que foi espantosa. Vendendo os jovens, o Porto poderá atacar mais do que Carraça e Cláudio Ramos e renovar com alguns jogadores. É preciso renovar com alguns dos guerreiros”, afirma Cândido Costa.

No Benfica, surge a notícia de que Cavani pode não chegar para desenhar a estratégia avançada dos encarnados. Por isso, Jorge Jesus está a sondar Darwin Núñes, jogador promessa do Almería e sucessor de Cavani na seleção do Uruguai.

Porém, o valor de mercado - 10 milhões - será uma aposta demasiado alta para as águias, explica Nuno Dias, dizendo que “é um goleador de futuro”, mas que acredita que Jorge Jesus tenha outras opções.

 

 

Outro tema discutido pelo programa Mais Transferências foi a renovação de Sérgio Conceição, uma decisão que dependerá de quem chegar à equipa, diz Cândido Costa, sublinhando que este não é um fator obrigatória.

Há uma mística no Dragão sobre Conceição, mas só a mística não chega. Acredito que Conceição esteja apetrechado com argumentos”, explica.

Ainda assim, o comentador concorda que será muito difícil Conceição não renovar com os azuis e brancos, uma vez que tem o apoio da direção do clube. A chegada de reforços ajude, mas não será fundamental.