Manuel Serrão analisou o atual momento do Benfica na Liga dos Campeões. O comentador reiterou que se os encarnados perdem ou empatam ficam numa situação delicada. Luís Filipe Menezes deixou uma palavra de apreço para André Gomes.

Já Pedro Guerra garante que o jogo frente ao Lyon vai ser “um duro teste” para o Benfica. Guerra desejou ainda umas rápidas melhoras a André Gomes e relembrou a passagem do médio pelos encarnados.

Relativamente aos encarnados, Luís Filipe Menezes relembrou que Gabigol, que está a fazer uma época de excelência ao serviço do Flamengo de Jorge Jesus, não era titular na Luz. O comentador disse ainda que do meio-campo para a frente o Benfica não tem um jogador de nível superior ao de RDT.

Em relação ao FC Portos, as palavras de Sérgio Conceição. depois do jogo com o Marítimo, caíram mal junto de muitos adeptos do FC Porto. Manuel Serrão garante que aquele tipo de linguagem não pode ser utilizado por ninguém que representa o clube.

Pedro Guerra explica porque percebe as palavras de Sérgio Conceição. Guerra diz que Conceição sabe que “tem a cabeça a prémio dentro do FC Porto”.

Depois de mais uma derrota do Sporting, Manuel Serrão relembra que o cerco continua a para Frederico Varandas. Serrão explica porque acha que a contestação é natural e justificável pelos resultados.

Luís Filipe Menezes explica que “a sorte não dura para sempre” para justificar a derrota leonina em Tondela. Menezes relembrou que nos dois últimos jogos as claques foram incansáveis apesar da chuva que se fez sentir.