O Sporting está a negociar um empréstimo como fundo Apollo, avança o jornal económico online Eco, adiantando que o valor em causa é de 65 milhões de euros.

No acordo que está a ser ultimado, tudo indica que a taxa de juro é inferior a dois dígitos, com base na titularização das receitas de direitos televisivos da NOS, pelo que adiantaram fontes do mercado àquela publicação.

Recorde-se que o clube de Alvalade está a atravessar problemas de tesouraria na SAD, que precisa de 41 milhões de euros até junho. Caso não consiga, pode falhar pagamentos a fornecedores e, no limite, não poder inscrever-se nas competições europeias, no final de março, por pôr em causa o fairplay financeiro.

Na semana passada, o administrador da SAD do Sporting, Francisco Salgado Zenha, foi entrevistado no programa Mais Bastidores da TVI24, garantindo que o clube é "sustentável financeiramente, mas tem necessidades de tesouraria".

Nessa mesma entrevista, admitiu que a "titularização do contrato de direitos televisivos é uma ferramenta para solucionar o problema" e que o Sporting "ainda tem cerca de 70% do contrato com a NOS por utilizar".