Cristiano Ronaldo está infetado com covid-19 e foi dispensado dos trabalhos da seleção nacional. O capitão da equipa portuguesa deu positivo e não vai defrontar a Suécia, no jogo de quarta-feira, para a Liga das Nações.

É preciso recordar que estes jogadores estão juntos todos os dias há cerca de duas semanas”, relembrou Rui Pedro Braz. “Durante este período, todos os membros da seleção foram testados sete vezes.”

Para o comentador, esta infeção é uma “anomalia” e uma “aberração estatística” e não faz sentido que, não tendo existido nenhum positivo entre o grupo, Cristiano Ronaldo teste positivo.

Rui Pedro Braz revelou ainda que o craque português testou inconclusivo num segundo teste e já terá feito um terceiro teste através de uma clínica externa. “Dentro de uma hora deveremos ter os resultados desse teste”, explicou.

Também Cândido Costa estranha o resultado de Cristiano Ronaldo, depois de ter feito seis testes e de não ter tido folgas.  No entanto, enaltece o facto do capitão da seleção nacional estar assintomático.

Fernando Santos não concedeu folgas, por isso, o contacto com o exterior terá sido reduzido”, afirmou Cândido Costa.

O facto de Cristiano Ronaldo poder falhar o jogo contra o Barcelona ao serviço da Juventus não passou despercebido aos comentadores do Mais Bastidores.

Eu acho que toda a gente já estava a esfregar as mãos pela possibilidade de um duelo entre Lionel Messi e Cristiano Ronaldo”, frisou. “Ainda é o duelo que toda a gente quer ver. A confirmar-se o positivo e falhar o duelo com o Barcelona será uma tristeza.”

/ JGR