A DGS está preocupada com regresso dos adeptos aos estádios de futebol, sobretudo em relação às claques.

Para Rui Pedro Braz, este cenário é contrário ao que se verifica noutros espetáculos ou eventos desportivos, como o Grande Prémio de F1 de Portugal, que se realizou no fim de semana, no Algarve.

O comentador da TVI classificou como um "disparate" as declarações da Diretora-geral da Saúde, Graça Freitas, sobre o Grande Prémio de F1, que justificou o evento por existirem poucos casos de covid-19 na região do Algarve.

Mas só foram pessoas do Algarve? Isto é um disparate!”, indignou-se Rui Pedro Braz.

Ainda assim, autoridade de saúde já criou uma medida que obriga adeptos que se queiram sentar nos lugares dos estádios destinados às claques a registarem-se através de um “cartão do adepto”.

“Super Dragões”, “Diabos Vermelhos” e “No Name Boys” já se manifestaram contra a medida e garantem que vão fazer um boicote.

Grupo de adeptos do Sporting envolvido em confrontos nos Açores. André Ventura esteve presente

Surgiu, nas redes sociais, um vídeo que demonstra um grupo de adeptos do Sporting envolvido em confrontos físicos.

Rui Pedro explica que a confusão ocorreu depois do grupo se ter cruzado com André Ventura, líder do Chega.

Vários adeptos do Vitória de Guimarães foram alvo de uma carga policial antes do jogo com SC Braga.

Rui Pedro Braz considera que houve um claro abuso de força policial, que ainda não foi justificado.

Isto é muito grave”, disse.

 

Pinto da Costa ainda não decidiu se vai processar Frederico Varandas

FC Porto e Sporting não vão cortar relações, mesmo depois da troca de palavras entre Pinto da Costa e Frederico Varandas.

Rui Pedro Braz não acredita num processo e lembra que há problemas maiores como o facto de o ex-presidente dos dragões Reinaldo Teles estar infetado com covid-19.

Eleições no Benfica: Bernardo Silva contra Luís Filipe Vieira

O ex-jogador do Benfica, que agora representa o Man. City, Bernardo Silva teceu duras críticas à atual direção do clube da Luz.

O internacional português não expressou o seu sentido de voto nas próximas eleições do Benfica, mas fica evidente que a escolha não vai recair sobre Luís Filipe Vieira.

Nuno Mandeiro