As compras feitas através da Internet em Portugal aumentaram 50 por cento em 2007 em relação ao ano anterior, segundo o Inquérito Nacional de Consumo das Famílias, citado pela «Lusa».

No ano passado, 52 por cento dos consumidores com mais de 18 anos que responderam ao inquérito da ACXIOM Portugal (14.524 consumidores) referiram ter feito compras através da Internet, enquanto 47 por cento disseram ter feito encomendas ou compras à distância através de catálogos.

Estas são algumas das conclusões do Inquérito Nacional de Consumo das Famílias, realizado pela ACXIOM Portugal entre Setembro e Outubro de 2007, em Portugal Continental.

Segundo o estudo, a percentagem de consumidores com mais de 18 anos que faz encomendas ou compras através de páginas da Internet é de cerca de 16% (no Continente), valor que representa um aumento de cerca de 50% em relação a 2006.

A variável Internet foi introduzida no Inquérito Nacional de Consumo em 2004 e, desde então, o seu peso tem sempre aumentado. Em 2005, o aumento foi de 10 por cento relativamente a 2004 (com 3.430 consumidores a referirem utilizar a Internet para fazer compras), tendo em 2006 aumentado também 50 por cento (7.132 consumidores).
Redação / LF