O Banco Comercial Português (BCP) vai lançar já na próxima quinta-feira a sua segunda emissão de valores mobiliários perpétuos, no montante de 200 milhões de euros.

A colocação será feita exclusivamente com investidores institucionais.

A primeira emissão foi de 300 milhões de euros de dívida subordinada. Agora o BCP vai captar mais 200 milhões de euros, de um total concedido de 1.200 milhões de euros, diz a Lusa.

Recorde-se que os valores mobiliários perpétuos são activos com mais risco e, por isso, remuneram melhor do que outros instrumentos de dívida.