A Media Capital vai analisar "os novos termos" da nova proposta da Cofina para comprar a totalidade do capital do grupo, mas sublinha que o conselho de administração está "consciente do valor deste grupo de empresas e negócios que o compõem."

Numa comunicação aos colaboradores o administrador delegado, Manuel Alves Monteiro, refere que esse valor está suportado num "histórico de liderança" e num "desempenho resiliente durante a pandemia."

Acrescem os "evidentes sinais de recuperação", "a prossecução de uma clara estratégia e de um plano de negócios que recentemente foram aprovados."

Na posição que virá a tomar - tem oito dias corridos para o fazer - a Media Capital compromete-se a defender os interesses dos colaboradores e dos acionistas.

A Cofina anunciou ontem uma nova Oferta Pública de Aquisição (OPA) sobre a totalidade da Media Capital, alterando a oferta de 21 de setembro. O valor de referência proposto na OPA é de 0,415 euros por ação, a que corresponde um valor total de 35.072.969,70 euros.

/ ALM